domingo, 1 de maio de 2011

Crime da Corregedoria


No interior da delegacia, policiais tiram a força roupa de suspeita 
notícia na folha de são paulo


Os policiais Eduardo Henrique de Carvalho Filho e Gustavo Henrique Gonçalves, ambos da Corregedoria, tiraram a calça e a calcinha de uma escrivã que era investigada pelo crime de concussão, quando um servidor exige o pagamento de propina. (...) O caso aconteceu em junho de 2009. Ao longo dos 12 minutos do vídeo, a escrivã diz que os delegados poderiam revistá-la, mas que só retiraria a roupa para policiais femininas. Mas nenhuma investigadora da corregedoria foi até o local para acompanhar a operação.


Meus comentários: - sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Tenho a certeza de uma coisa só. A corregedoria deve investigar estes policiais. Acho que por mais perigoso ou mais bandido (a) que seja a pessoa, deveria ser feito a revista por policiais do mesmo sexo. Tantas policiais existem. Porquê não havia nenhuma que pudesse se deslocar de onde estivesse? O dinheiro falso era dela mesmo ou foi colocado para incrimina-la? Isso tudo está muito suspeito. Todos os presentes na cena devem ser investigados pela Secretaria de Segurança Pública!

Hedy Lennon há 1 segundo


Atualização: Secretaria de Segurança Pública afasta delegados suspeitos de abuso contra escrivã e reabre investigação.





Fontes: